A alegria que você deseja, a alegria que você está procurando com tanta diligência, a alegria pela qual súplica seu espírito só pode vir, verdadeiramente, de uma pessoa: o Espírito de Jesus Cristo.

Bem vindo, Espírito Santo. Benny Hinn. (via deus-e-poeta)

(Fonte: flor-escrita)

Eu vi quando você se perdeu, foi eu quem te encontrou. Eu vi quando seus olhos revelavam seu medo, foi eu quem te deu a mão e te guiou pela sua íntima escuridão. Também vi quando seus pés perderão o chão, eu estava lá te segurando com toda a minha força. Ei, eu vejo tudo o que você passa, e tudo o que você precisa. Sou eu aquele que não precisa dizer quem sou. Sou o mistério que te cuida, que te guarda e te aconchega em meu abraço. Sossega o coração e guarda-o bem. Enquanto for meu, eu estarei sempre contigo.

P.S. Deus, seu melhor amigo, Dois tons de amor.  (via tuodizes)

(Fonte: doistonsdeamor)

Muitas vezes eu me ajoelhei, e não consegui orar. Eu me sentia tão vazia, que não tinha forças pra falar com Deus. Então, eu apenas permanecia em silêncio diante dEle. Ele me entedia. E assim, meu coração descansava em Sua presença.

 Bruna Miguel  (via tuodizes)

(Fonte: vivendo-paradeus)

Se Deus tivesse concedido todas as orações tolas que eu fiz na minha vida, onde eu estaria agora?

C.S Lewis   (via melodismo)

(Fonte: romanosoito)

Cuida bem. Observa os detalhes. Olhe nos olhos. Tente reparar no que ninguém repara. Acaricie as mãos. Leve uma flor num dia qualquer. Surpreenda. Ouça. Seja sincero. Amor se constrói na simplicidade. Hoje em dia, ele está tão raro porque não param pra notar que ele não tropeça nas grandes montanhas, e sim nas pequenas pedras.

A menina e o violão   (via a-menina-e-o-violao)

Eu te esperei como quem espera um ônibus num dia importante no trabalho. Esperei como quem espera a van num dia de prova, como quem espera a carona pra uma festa especial. Eu te esperei ansiosamente, olhando no relógio a cada minuto com o celular rodando na mão, esperando qualquer notícia do motivo do atraso, esperando uma mensagem, uma ligação. Eu esperei como quem espera o taxi pra ir encontrar um “amigo-irmão” que não vê há anos, como quem espera qualquer aviso sobre a situação de um familiar no hospital, como quem espera fazer 18 anos, como quem espera a sua carteira de motorista, espera ter seu próprio carro. Eu te esperei como eu mesmo frente a você, esperando um sorriso, por mais tímido que fosse. Eu te esperei como se não tivesse mais nada pra esperar, como se o mundo não estivesse mais girando, como se o tempo estivesse parado também a observar. Eu te esperei como ainda espero, como alguém que tem certeza de que em algum momento alguma coisa vai acontecer e causar uma reviravolta em toda a falta de esperança, em toda a falta de motivos. Estou longe de ser paciente, mas mesmo sem me dizer nada você me convenceu de que vale a pena te esperar.

Armadura1704  (via a-menina-e-o-violao)

(Fonte: armadura1704)

No início parecia algo normal. Não há o que temer, é só uma fissura. Mas, então, uma rachadura foi se impondo na parede do edifício. Só uma rachadura, nada demais. Não há porque consertar. Passa uma tinta pra disfarçar. No início não era nada a temer. O silêncio no outro lado da linha. A falta de elogios. O desinteresse em agradar. Fissuras que se formaram entre nós. A gente disfarça. O medo cresce dentro de quem parecia valente, mas a gente se convence de que não passa de uma impressão boba. Chama os amigos, vamos jantar! Todos os casais são perfeitos á luz de velas, ninguém iria perceber. Mas as fissuras estão ali, por baixo da tinta. Por trás das máscaras. Até que o edifício desaba, e procura-se motivos entre os tantos que houveram. Procura-se culpados, mas ninguém fez por mal. Só disfarçou as fissuras, porque é mais fácil que arregaçar as mangas e melhorar. Consertar dá trabalho. Até que o amor desaba e a gente percebe que seria mais fácil consertar a fissura, que se refazer do desastre ocorrido. Há sempre fissuras que indicam o perigo. A separação começa muito antes do pedido do divórcio. Edifícios não desabam do nada. Amores também não.

A menina e o violão. (via a-menina-e-o-violao)

Muitas vezes, você é a âncora que Deus usa para resgatar alguém. Não desanima não. Como diz Max Lucado: “Não há ninguém que Deus não use”. Você vale muito mais que ouro, rubi ou diamantes. Você é escolhido.

Não importa se o meu barquinho é de papel em um mar furioso, minha segurança não está na sua falsa resistência, mas em Jesus.

Laureane Antunes (via deus-e-poeta)